Como conquistar seu “ficante” e acabar em namoro?

Esta, sem dúvida, é a maior pergunta de quem acabou de voltar do primeiro encontro com aquela sensação de que encontrou “o cara”.  Gente, não existe fórmula certa para se conquistar alguém, se existisse eu não estaria aqui, estaria na Itália com o George Clooney. Mas, podemos tentar entender como a engrenagem toda funciona. É simples: A pessoa é legal, você GOSTA dela e se dão bem. Porém, gostar eu gosto do meu gato, do meu trabalho, da comida da vovó, não é mesmo? Para evoluir para um namoro, não basta gostar. Tem que sentir aquele friozinho na barriga e este frio do oeste não acontece no primeiro encontro. NORMALMENTE você vai se apegando a pessoa, vai criando intimidade, a sintonia vai aumentando e, quando vocês menos perceberem, já estarão completamente apaixonados e viciados um pelo outro e, é aí que a mágica toda acontece. Quem fica nessa de forçar uma situação, o máximo que consegue é ficar no final da lista do Whatsapp do lindo. Você conquista uma pessoa dando bons motivos para que ela permaneça, simples assim. Não é repetindo todo hora que você “adorou”, ou o quanto ele é maravilhoso, que fará ele ficar mais. O encontro pode durar 2 horas, vocês podem se esbarrar por 30 segundos, podem conversar uma única vez por semana, não importa. Se tiver que ser, vai ser, e eu garanto, com requintes de crueldade. Aliás, quanto mais espaço você der, mais tempo ele terá para pensar em você. É aquela velha história daquelas que dizem “você nem me procura” e escuta de volta “mas você nem se esconde”.  Fica tranquila que, ao menos que o querido tenha amnésia, ele não esquecerá de você só porque você não foi atrás, como as outras quinze costumam ir. Também não precisa fazer um espetáculo quando estiverem juntos para impressiona-lo. Para se ter a tal química e o tal encaixe na física, não depende de você, depende dos dois e se, no caso, vocês já passaram nestas matérias, deixa a coisa toda acontecer, faça você o que fizer, a coisa só evolui quando existe paixão no meio, aquela sensação maravilhosa de lembrar do que aconteceu e se pegar sorrindo, de sentir vontade de falar com a pessoa no meio do dia, de “do nada” sentir necessidade de ver a pessoa naquele mesmo momento e virar o mundo de ponta cabeça para que isso aconteça. De olhar bem dentro dos olhos e sentir como se já se conhecessem há muito tempo. Simples assim. Coisas que acontecem poucas vezes na vida, com uma intensidade fora do comum. E você saberá que é ele na primeira vez que se encontrarem e sairá do segundo encontro pensando “foi só para ter certeza mesmo”.

Um comentário

  1. Olá Paula, preciso de ajuda estou ficando com um cara a três meses , mais sinto muita frieza da parte dele , eu o sufoquei no começo e agora estou arcando com as consequências , fiquei tão desesperada quando o conheci que acabei me tornando a Grudenta … sinto que nem passa pela cabeça dele ter algo mais serio comigo . Queria ajuda pra que isso mudasse , se é que isso é possivél … ME AJUDA POR FAVOR

Deixe o seu comentário!