Não perca ele por medo de perder – Para de arrumar briga

Para de ficar arrumando briga com o cara! Você vai acabar perdendo ele, por medo de perder!

A melhor escova progressiva do mercado

Existem coisas na vida que devemos fazer somente por indicação e, sem dúvida nenhuma, escova progressiva é uma delas. Embora esta técnica seja oferecida por quase todos os salões de beleza, são poucos os profissionais que possuem as técnicas necessárias para fazer uma escova progressiva que realmente alcance os resultados prometidos e principalmente que dure.
E os resultados acabam sendo desastrosos. Tenho amigas que fizeram e que sinceramente nem parecia que tinham feito. Outras que, mesmo tendo feito a pseudo-progressiva, tinham que ficar secando o cabelo com o secador, puxando na escova, toda vez que lavavam para se ter algum resultado, e quando eu perguntava se elas não achavam estranho, ainda me diziam felizes que com a progressiva tinha ficado muito mais fácil fazer escova em casa. Oi? Mas não é justamente para não termos mais que fazer escova toda vez que lavamos o cabelo, que aderimos a tal da escova progressiva?
O fato é que depois de muito andar por aí, descobri que não basta o salão colocar uma placa na porta dizendo que “faz escova progressiva”, ele tem que investir nos profissionais, tornando-os especialistas, aprimorando técnicas e fazendo com que o resultado seja cada vez mais satisfatório. O que faz uma boa progressiva, muitas vezes nem é a marca do produto utilizado e sim a técnica que é utilizada. Não basta lambuzar o cabelo com produto e fazer uma escova normal. Para aqueles que não sabem, existe toda uma técnica a ser seguida para que o produto dê o resultado. O profissional tem que puxar determinada quantidade de fios, com um tipo certo de pente e escova, com um número correto de repetições, alinhado a temperatura…. e por aí vai. Na pressa, muita gente acaba fazendo de qualquer jeito, esperando que o milagre todo seja feito pelo produto e é por isso que muitas vezes sua progressiva não fica boa.

IMG_5218Depois de muito peregrinar, posso dizer com propriedade que conheci um lugar que fez toda a diferença dentro deste mercado, o La Maison Cabeleireiros, comandado pelo Erismar, profissional conceituadíssimo, com uma bagagem extraordinária. Há mais de 10 anos no mercado, eles são especialistas em escova progressiva. Lá você também encontra os serviços comuns de todo salão como tintura, corte, luzes, mas sem dúvida o carro chefe e sua maior especialidade é a escova progressiva. E não é muito difícil perceber isso. Ao entrar no salão, localizado no conceituado bairro de Moema, em São Paulo, você se depara com diversas mulheres e vai percebendo que todas estão alí por um só motivo, a escova progressiva. O salão chega a ter espera de dias para que você consiga um horário na concorrida agenda, embora cobrem um preço super justo. E não é a toa. O resultado é incrível, o cabelo fica extremamente liso, com um efeito super natural e brilho intenso. E o melhor é que dura muito! Você realmente só começa a se incomodar quando a raíz começa a crescer demais e aí você pode optar em retocar somente a raíz. A medida que você faz outras sessões, vai sentindo que seu cabelo vai ficando cada vez melhor e que a necessidade de refazer a progressiva vai diminuindo, te dando intervalos maiores. Eles utilizam um produto a base de aminoácidos, com zero formol. O mais incrível, é que após todo o procedimento, eles indicam que você lave seu cabelo imediatamente, no mesmo dia, não havendo nenhuma necessidade de deixar o produto de um dia para o outro no cabelo, ou seja, se você tem uma festa, pode fazer sua progressiva tranquilamente que você vai chegar linda e sem cheiro de produto!  Mas a cereja do bolo, é quando você sai de casa com o cabelo molhado e vê seu cabelo secando ao vento, como se tivesse acabado de sair do cabeleireiro, ideal para quem vai viajar, para quem ama ir para praia e para quem faz natação e não tem tempo a perder arrumando o cabelo toda vez que sai da água.

Captura de Tela 2016-08-04 às 22.51.28

La Maison Cabeleireiros
Endereço: Avenida Sabiá, 368, Moema – São Paulo/SP, 04515-000
Telefone: (11) 5052.8279 e (11) 5055.6801
E-mail: la.maison1@hotmail.com
Facebook: www.facebook.com/lamaisoncabeleireiros

…..

.

Como viajar para fora do país gastando pouco – 10 DICAS

Oi gente!
Uma das coisas mais incríveis da vida é você poder conhecer lugares, viajar, viajar, viajar!
Viajar desestressa, faz você sair por uns dias da sua rotina e ter aquela sensação gostosa de estar curtindo a sua vida de verdade.
Quando pensamos em viagem, logo nos imaginamos passeando na Europa, conhecendo países, e participando de tudo aquilo que não temos por aqui, como a neve!
E realizar tudo isso está muito mais perto do que você imagina!
Eu sempre quis passar um ano inteiro programando minhas férias, mas sou imediatista demais para aguardar tanto tempo. Além disso, fico com medo de marcar com muita antecedência sem saber se poderia chover todos os dias e estragar tudo. Também não tenho a capacidade de ficar juntando dinheiro para fazer uma mega viagem, porque com esta crise que nos encontramos, normalmente nem sobra e o que sobra acabamos bebendo com os amigos, antes mesmo de se pensar em querer entrar em um avião.
Tudo isso te parece familiar?
Mas mesmo assim, não perdemos a incrível mania de ficar fuçando em sites de viagens, em busca do pacote perfeito (aquele super barato, com tudo incluso). E foi numa dessas buscas que eu acabei percebendo que fazer uma viagem para fora do país, às vezes sai mais barato do que viajar para o nordeste!
Aí aparecerão aqueles patriotas dizendo que “devemos conhecer nosso país primeiro”.
Sim, meus lindos, sabemos todo este blábláblá de que “no Brasil há lugares maravilhosos, uma riqueza inestimável de beleza, praias, ilhas, florestas, rios, lagos lindíssimos, grandes museus, pontos turísticos surpreendentes, que nem conhecemos e é horrível pensar que preferimos conhecer o país dos outros a conhecer o nosso próprio país…” 
Mas o fato é que queremos sair do país na próxima viagem, ok? Ok!
Como eu ia dizendo, me surpreendi ao saber que sai mais barato um pacote para outro país do que para as belezas do nordeste. E ter a experiência de ter feito uma viagem internacional é bem bacana, vamos combinar né?
O problema de viajar para outro país, é que você muitas vezes não fala a língua deles (e quando pensa que fala, chega lá e se depara com o povo falando tão rápido, mas tão rápido e com tantas gírias que você não consegue entender nem um terço do que pensava que conseguiria)
Mas, por outro lado, conhecer outra cultura, andar pelas ruas e ouvir as pessoas falando outra língua, participar de outra realidade é sim uma experiência única.
Sou daquelas que não conhece nem o MASP por dentro e quer conhecer o museu dos outros.
Sim, me julguem…. Mas a questão é ter vontade, ninguém é obrigado a fazer alguma coisa só porque tem que cumprir protocolos impostos pela sociedade. O dia que eu tiver vontade de entrar no MASP vocês serão os primeiros a saber, combinado?
Mas afinal, como viajar para fora do país, gastando pouco e de última hora?
Óbvio que quando passamos meses programando uma viagem, a chance de tudo sair perfeito é de 99,9%, principalmente porque isso inclui economizar e ter uma certa quantia “sobrando” para passar dias tranquilos… Mas este não é o nosso caso, ok?
Se você está com uns dias sobrando por algum motivo (férias de escola, férias do trabalho, feriado prolongado, licença) e decidiu de última hora sair por aí, aqui vai algumas dicas:

1) Viajar em feriados nem sempre sairá caro quando se fala em “deixar o país”, isso porque o feriado é aqui, não lá. Óbvio que se você fechar um pacote por uma empresa brasileira eles vão meter a faca e te cobrar muito mais caro pelo fato de ser feriado, mas se você fechar a passagem aérea direto com a companhia e a hospedagem direto com o hotel, eles não vão te cobrar o dobro pelo fato de ser feriado, pelos motivos de que lá, para eles, serão dias normais. Claro que esta regra se aplica somente a viagens para fora do Brasil. Se você aproveitará um feriado NACIONAL para viajar pelo país, pagará caro, agora se você aproveitar um feriado que é só na sua cidade (exemplo: Aniversário de São Paulo) para viajar para a Bahia, e fechar direto, pagará mais barato (mas se fechar pacote, pagará mais caro). Parece meio confuso, mas sem dúvida acaba sendo meio óbvio.

2) Se você NUNCA viajou para fora do Brasil, comece viajando para países vizinhos, que falam uma língua parecida com a nossa e que você poderá encontrar lojas e lugares onde há brasileiros (como a Argentina). Isso porque o choque cultural pode ser muito grande e você pode se embananar todo se começar sua aventura pela Iuguslávia, por exemplo. Você vai conhecer um lugar diferente, uma cultura diferente, terá contato com um a língua diferente mas conseguirá se virar sozinho, mesmo não tendo fechado pacote nenhum.

3) Primeiro passo é definir o lugar para onde quer ir, quem vai com você e como irão pagar as coisas por lá. Apostar tudo em seu cartão de crédito internacional nem sempre é uma boa opção, porque UM DIA a fatura chega e normalmente lá tudo será pago a vista através dele.

4) Entre em sites como DECOLAR, que vão fazer automaticamente e sem esforços a pesquisa dos melhores horários e das companhias aéreas mais baratas para aquele destino. Basta você colocar o nome do lugar, selecionar a data que pretende ir e a data que pretende voltar e o sistema encontra os melhores preços e horários. Lembrando que o valor que aparece alí na tela é acrescido de taxas, então não se anime com o valor que aparecerá sem antes ver o valor total, ok? Após adorar um determinado valor, feche logo, porque normalmente tem poucos lugares e milhares de pessoas consultando a mesma coisa ao mesmo tempo. Este site, por exemplo, te dá a opção de comprar online, e parcelar em muitas vezes, ou seja, a grana que você gastaria hoje com a passagem, você poderá utilizar para gastar na viagem e terá tempo para pagar o resto parcelado.

5) Após escolher a passagem, pesquise o hotel que quer ficar. Existem sites que também fazem este trabalho pesado para você, como o BOOKING. Você também vai selecionar as datas e aparecerá diversas opções de hotéis e valores. O SEGREDO está em um detalhe… Não confiar em fotos e sim nos comentários! Como este tipo de site é de busca, e não do próprio hotel, os comentários serão todos reais e ninguém apagará nenhum comentário negativo. Eu mesma já amei hotéis que apareceram como opções, amei as fotos, os serviços incluso, os valores e quando fui espiar os comentários desisti na hora. Porque são nos comentários que você vai encontrar informações peculiares como “tinha muito pernilongo, o carpete estava imundo, o serviço de quarto é péssimo” e recomendações como “só feche se for andar alto, os 4 primeiros andares você escuta barulho da avenida”. Fique horas passeando pelos comentários e não esqueça de relatar suas experiências também para ajudar o próximo. Nestes mesmos sites você consegue fechar e pagar online. EU RECOMENDO que você antes de fechar entre no site oficial do hotel (basta digitar o nome do hotel no google), mande um email direto para eles ou ligue direto para eles, informando que estão fechando as diárias pelo site “TAL”. Desta forma você além de confirmar se o hotel realmente existe, pode até barganhar um desconto se fechar direto com eles, isso porque eles pagam comissão para estes sites.

6) Quando escolher o destino leia tudo sobre o lugar! Compre um livro de guia do local, mapas, busque no google os principais pontos turísticos, procure blogs que relatem viagens já feitas para o seu destino. Vá anotando tudo. Pinte no mapa os lugares que você quer ir e calcule a distância entre eles, se há metrô perto (para economizar com o táxi), qual é a moeda local, onde trocar, quanto de peso pode levar nas malas, quais aparelhos eletrônicos você precisará levar com nota, o que não pode levar nas malas porque o aeroporto barra. Este é o momento mais importante, é planejar tudo para não dar merda. Veja como estará o clima lá, que tipo de roupas os blogueiros que já foram recomendam levar, planeje os lugares que deseja conhecer, os dispensáveis e indispensáveis. Faça uma agenda com o que você fará todos os dias durante manhã, tarde e noite. Mas para não ter erro, veja quanto tempo demora cada passeio, a distância deles para o hotel. Não tão menos importante, e que as pessoas sempre acabam esquecendo de pesquisar antes, veja onde você irá comer. Quais restaurantes, bares e cafés gostaria de conhecer, quais estão perto do hotel ou no meio da sua rota, entre no site deles, veja cardápio, valores, horários de funcionamento (sim, muitos lugares fecham super cedo, quando você está chegando pra jantar eles já estão fechando). Pesquise onde tem mercado perto, shopping, centros turísticos. Passe um dia inteiro olhando cada detalhe para não ficar perdido com o mapa na mão sem saber para onde ir e o que fazer primeiro.

7) Feche passeios com antecedência. Joga no google o nome do lugar para onde está indo e coloque ao lado palavras como “passeios” “visitas guiadas” etc. Muitos lugares, se você não reservar antes, não conseguirá entrar, ou por causa da fila, ou porque esgota o número de lugares. Compre ingressos online, feche passeios com guia turístico, de preferência que te busque e te devolva no hotel, porque você não sabe como é o trânsito e as vezes pagar táxi sai mais caro. Viajar para ficar trancado no hotel ou ficar rodando em círculos é furada. Se organize. Não precisa marcar a viagem com 10 meses de antecedência pra fazer isso. Você pode decidir viajar daqui uma semana e será tempo suficiente para pesquisar e conhecer tudo, sem surpresas.

8) Se você optar por países muito diferentes do nosso, com uma língua que você não domina ou não entende absolutamente nada, faça a opção por pacote com passeios e guia incluso. Se você for por conta própria para um lugar onde não sabe falar nada além do verbo TO BE, com certeza você perderá muito tempo tentando se achar, se comunicar e não aproveitará nada. Neste caso, você vai gastar um pouco a mais, terá que planejar com mais antecedência para poder pagar tudo muito parcelado, mas lembre-se que o barato sai caro, então pra você esta é a melhor opção.

9) O lance é dividir o máximo que conseguir, seja no cartão de crédito ou até no boleto (tem empresas que dividem pacotes no boleto!). Tudo o que der para parcelar, parcele, seja a passagem, a hospedagem e até os passeios. Deixe o pouco dinheiro que te resta para gastar lá, afinal você vai querer comprar tranqueirinhas, vai precisar comer, pegar táxi, metrô e pagar os passeios.

10) Não deixe de experimentar as coisas locais. Se vai pra Paris, não abra mão de comer um croissant em algum café, se vai pra Itália, não deixe de comer uma bela massa, pizza, tomando um vinho, se vai pra Argentina, não deixe de jantar em alguma casa de Tango, se vai pra Suiça, não deixe de tirar uma foto na frente de um banco e assim vai! O lance é aproveitar muito, muito, muito!! E o ideal é sempre viajar acompanhado, seja com o marido, a namorada, uma tia, uma amiga… se viajar em turma melhor ainda, fora que podem conseguir desconto em tudo, por estarem em turma! Viajar com outras pessoas é muito bacana porque vocês vão curtir juntos e lembrar juntos também daqui uns anos. Para quem vai viajar sozinho, também há empresas especializadas em fazer viagens para grupos de solteiros e lá você acaba conhecendo uma porção de gente!

Gente, espero que tenham gostado das dicas e que aproveitem muito mesmo cada minuto da sua viagem! Eu já estou planejando a minha próxima, meio de última hora (também)  e postarei aqui todos os detalhes dela e como fechei tudo! Não deixe de voltar aqui para conferir!

Ele curte tudo, mas não fala com você – O vídeo

Querida! Como eu já tinha adiantado no texto onde falo sobre esta espécie tão comum de babacas que saem curtindo tudo o que você posta na internet, mas não possuem a incrível capacidade de falar diretamente contigo, gravei um videozinho para quem é de vídeo, e para deixar bem claro que o que está acontecendo com você é mais comum do que você imagina!

 

Porque eles desmarcam o encontro de última hora?

Vídeo novo no ar! Já se inscreveu no meu canal? clique aqui e se inscreva!
Vídeos novos todos os dias!!!!!

Eis aqui o complemento do texto sobre homens que desmarcam o bendito encontro na última hora…. Com certeza há um grande teste por trás disso tudo ou um medo enorme de você se tornar novamente um problema na vida dele…. assista e descubra!